ODES INSPIRADAS

Ode aos Bombeiros

Heróis da humanidade,
Heróis da cidade.
Corajosos, destemidos
Combatentes do fogo.

Salvadores daqueles em apuros,
Salvadores dos aflitos.
Socorrem todos os que, entre as chamas,
Dizem socorro aos gritos.

De camião vermelho bem equipado
Com a sirene a tocar,
Vão em missão os bombeiros
Para o fogo apagar.

Fogo esse,
Flamejante e ardente,
Mete medo a qualquer um
Menos ao bombeiro combatente.

Eu vos saúdo, eu vos homenageio, eu vos admiro.
Hooo corajosos, destemidos Bombeiros.

Francisco Cal Gonçalves  9º

Ode Policial

Eh Polícias! Eh combatentes da cidade!
Chefes, agentes, corajosos, lutadores!
Homens que dão tudo e recebem pouco!
Homens que não descansam!
Homens que enfrentam a morte a cada esquina!
Homens com armas e carros barulhentos que limpam
O mal deste sujo mundo.
Eh condutores de primeira!
Eh homens de acção!
Gente vestida de azul!
Gente de chapéus simbólicos!
Gente com a dor amainada por medalhas!
Gente de bastões e algemas,
Traída pela vida,
Amaldiçoada pelo que viu!
Eu vos agradeço! Eu vos agradeço!

André Valido Vaz, 9º


Ode aos Jornalistas

São eles os homens das letras
Os homens das frases
Os homens de tudo o que é novo
Os homens do que é importante
Ei Ei Ei Ei
São os donos da verdade
Os donos da Política, da Economia
Das Artes, do Desporto
São os donos do Mundo!
Eles que anseiam por nós
Que nos esperam
Nos agarram
Com as fotografias e as letras garrafais
Eles que nos seduzem com as manchetes interessantes,
Com os artigos maravilhosamente escritos,
Com as misteriosas fontes bem protegidas
Ei Ei Ei Ei
Estes homens que se mostram de todas as formas
Que se adaptam a todas as condições
Que se fazem ouvir por milhões
E só escrevem por nós
Ei Ei Ei Ei
São estes os grandes e os gigantes
Que se escondem pela tinta
Mas que nunca deixam de dizer o que querem
São estes os fascinantes
São estes os maravilhosos
São estes no meu mundo
Os donos da verdadeira liberdade.

 Madalena Cruz,9º

Esta entrada foi publicada em Escrever..., Poesia com as tags . ligação permanente.

Deixe uma resposta