Poetas do 7.º D

Os alunos do 7.º D continuam bastante inspirados! O Santiago, a Alice e o Philippe fizeram-nos chegar os seus poemas que partilhamos convosco.

Boa leitura 🙂

 

“Isto”

“Isto” é deveras subjetivo
pode não ter algum sentido
pode ser real ou imaginário
do qual tens saber precário.

“Isto” é inanimado
um material fabricado
ou pode ser uma aberração
duma alma na perdição

“Isto” é um fim
ou uma coisa assim
pois vemos que “isto”
é um palavrete misto

Santiago Bernardino, 7.ºD

 

“Sonhar” é a solidão derrotada
“Sonhar” é com o coração não com o cérebro

“Sonhar” é voar como um pássaro,
é acreditar no que é e no que há de ser,
no que foi e no que será

“Sonhar” é acreditar no infinito, no impossível
é viver do pensamento e não das ações
é viver da imaginação e não irrealidade

” Sonhar” é um distúrbio do sono
é acordar com o medo nas veias
é uma mistura do bem e do mal

“Sonhar” é um pensamento aberto

“Sonhar” é simplesmente possível

Alice Mendes, 7.ºD

 

Poesia é a verdade partilhada e praticada
É exprimir o que está cá dentro
Não é falar do evento inexistente
Só para parecer interessante

Poesia, é não ter medo de escrever onde for preciso

Poesia é olhar para o mundo
E vê-lo de forma original
É tê-lo nas nossas mãos e num segundo
Tornar a vida no ideal
Philippe Fernandes, 7.º D

 


Esta entrada foi publicada em Pequenos grandes escritores, Poesia. ligação permanente.

Deixar uma resposta