Poetas do 7.º E

Os alunos do 7.º E deram asas à sua criatividade e, muito inspirados, escreveram poemas. Partilhamos alguns desses textos poéticos convosco.

Boa leitura 😀

 

Bate, bate, rapazinho
Longa história,
Longo caminho,
Grande memória!

Devagar, devagarinho,
Não pares de bater,
Meu querido amiguinho,
Que tens muito que fazer.

Duplo batimento,
Sempre sem parar,
Trazes e levas o carregamento,
Que nos fazes amar.

Barulho tu fazes,
Como uma coluna em mim,
Muito amor me trazes,
Te agradeço assim.

Grande felicidade,
Fazes-me viver,
Sou quem serei
E serei o que me apetecer!

Contigo ao meu lado,
Meu braço esquerdo és tu,
Por mim serás amado,
Because I LOVE YOU!

Clarisse Ferreira, 7.º E

Na melancolia do teu rosto
Eu observo que tu carregas
O mundo no teu encosto
Eu observo que andas às cegas
No meio da multidão
Eu observo que lutas com paixão
Como quem tem algo a perder
Como quem com ironia
Observa toda a sua melancolia

No sorriso fingido
Eu observo o teu mito
Que te deixa perdido
Eu observo os teus olhos lassos
Que mostram amores escassos
Eu observo que estás reverente
Que tentas escapar como uma serpente

Nas pequenas entrelinhas
Que me deixas
Eu vejo a tua razão de partir
E aqui deixo as minhas
Para tu ficares a rir

Cada miragem que tens
Vais conseguir alcançar
Cada onda do mar
Tu consegues ultrapassar
É só preciso usares a bússola
Que te indica os caminhos
Do teu coração
Para concretizares a tua eterna missão.

Catarina Casaca, 7.º E


Esta entrada foi publicada em Pequenos grandes escritores, Poesia. ligação permanente.

Deixe uma resposta